Bolívia

A Bolívia é um país da América do Sul que faz fronteira com o Brasil, Paraguai, Argentina, Chile e o Peru. Sua economia é pouco desenvolvida baseada na agricultura (cana-de-açúcar, soja, castanha), pecuária (bovinos, suínos, aves) e mineração (petróleo, zinco, estanho, gás natural, prata e ouro). A Bolívia é considerada pobre economicamente em relação aos outros países da América do Sul, mas nem por isso é menos atraente. Deixamos os preconceitos de lado para conhecer esse país cheio de encantos.

O espanhol é a língua mais falada da Bolívia, mas o quíchua e aimará também são bastante usados pela população. O nome do país é uma homenagem ao militar Simón Bolívar. A cultura do país é rica e variada, com muitas músicas, danças, folclore, pinturas, festas populares e trajes coloridos.

A culinária boliviana é bem variada e depende de cada região do país, por exemplo: na região do vale ou região central os ingredientes principais são verdura, batata, milho e carne bovina, na região andina ou ocidental é o milho, queijo, batata, pimenta e carne suína, já na região oriental os ingredientes são o arroz, aipim, queijo e carne bovina. Todos os pratos são cheios de sabor e bem temperados. As sopas também são apreciadas, sendo que as principais são: sopa de verduras, sopa de quinoa e sopa de maíz. Pratos cheios de cultura e que recebem influência dos espanhóis e povos africanos. O ideal é optar por comer em restaurantes evitando comer na rua ou em qualquer lugar, já que nem todos os pontos de venda de comida e barracas espalhadas pelas cidades do país tem todo aquele cuidado no preparo e é bom ficar atento.

Festival em La Paz na Bolívia
Festival em La Paz na Bolívia

La Paz, é a capital federal da Bolívia e uma das cidades mais populosas do país. É considerada a capital mais alta do mundo com mais de 3.600 metros de altitude, cercada por montanhas e pela Cordilheira dos Andes. Por ser uma cidade alta, as temperaturas geralmente são bem baixas ficando em torno de 10º C. O Mercado de Las Brujas é o ponto mais visitado da cidade com ruas estreitas e várias lojas com muitos artesanatos e presentes, além de produtos exóticos que são comuns para a população local como: ervas medicinais, sapos, folhas de coca e fetos de lhama secos. Na cidade há outros pontos turísticos para serem visitados como: Vale da Lua, Sítio arqueológico de Tiwanaku, Ruta de La Muerte, Igreja e Convento San Francisco, Museu Nacional de Etnografia e Folclore, entre tantos outros. Muitas turistas passam mal ao lidar com altitudes tão altas, dor de cabeça e vômitos são os sintomas mais comuns. É importante beber bastante água e fazer passeios com calma para seu corpo se acostumar. A nossa sugestão de hospedagem é o BTH Hotel que é um hotel boutique moderno e cheio de estilo que tem diárias a partir de R$ 383,00.

La Paz - Bolívia
La Paz – Bolívia

Lago Titicaca, é um lago que fica entre as fronteiras da Bolívia e do Peru. É considerado o lago navegável mais alto do mundo, ficando a aproximadamente 3.810 metros de altitude. O Titicaca é abastecido pelo degelo das geleiras que vem das montanhas do altiplano e pelas águas das chuvas. A cidade mais procurada que é banhada pelo lago é a pequena Copacabana, uma cidade simples, mas que possui suas belezas, o Monte Calvário, Basílica de Nossa Senhora de Copacabana, as ruas, feiras e artesanatos são bons exemplos disso. Para quem vai até Copacabana um passeio que não pode faltar é conhecer Isla Del Sol, uma ilha no Lago Titicaca. É possível pegar um barco de Copacabana e com um guia ir até a ilha conhecer as ruínas antigas dos incas e se aventurar nas trilhas apreciando todas as belezas e batendo muitas fotos da região e da imensidão do lago. Também é possível se hospedar na Isla Del Sol e assim ter mais tempo para conhecer cada detalhe. A sugestão de hotel para ficar hospedado no Lago Titicaca é o Hotel Lago Azul que tem uma vista linda e um café-da-manhã delicioso com diárias a partir de R$ 157,00.

Lago Titicaca - Bolívia
Lago Titicaca – Bolívia

Outros destinos e pontos turísticos também merecem destaque como: Potosí, Forte de Samaipata, Sucre, Laguna Verde, Laguna Colorada, Salar de Uyuni, Oruro e muito mais.

A Bolívia ainda não está na lista de viagens e destinos preferidos de muitos turistas, mas o país tem muito a oferecer. São tantas paisagens e atrativos, a Cordilheira dos Andes, Ruínas Antigas, entre outras aventuras que fica difícil de conhecer tudo em uma única viagem. O ideal é ter paciência, ter a mente aberta para novas culturas e saber aproveitar o que realmente importa, além de aproveitar as suas incríveis belezas naturais.

Informações sobre a Bolívia

  • Capital: La Paz
  • População: 10,89 milhões de pessoas
  • Localização: América do Sul
  • Moeda: Boliviano
  • Idioma: Espanhol

O que fazer na Bolívia

  • Andar de teleférico em La Paz
  • Nadar no Ojo del Inca em Potosí
  • Ver o por do sol no Monte Calvário
  • Andar de bicicleta pela Ruta de La Muerte
  • Experimentar a sopa de quinoa
  • Conhecer o Salar de Uyuni
  • Bater lindas fotos no Laguna Colorada
  • Entre outros…

Aeroportos da Bolívia

  • Aeroporto de Santa Cruz de la Sierra
  • Aeroporto de La Paz
  • Aeroporto de Cochabamba
  • Entre outros…

Cidades importantes da Bolívia

  • Santa Cruz de La Sierra
  • La Paz
  • El Alto
  • Cochabamba
  • Sucre
  • Oruro
  • Tarija
  • Potosí
  • Sacaba
  • Quillacollo
  • Entre outras…

Artigos sobre a Bolívia

Galeria de fotos da Bolívia

2 comentários em “Bolívia

  • 03/06/2018 em 21:29

    Fui, conheci e amei… Povo educado e simpático, arquitetura riquíssima do período colonial. Achei tudo muito barato em relação aos preços aqui do Brasil. A única coisa que não gostei foi a tal da Diablada, o carnaval boliviano… Bonito, mas parece uma procissão ou uma parada de Sete de Setembro. Achei meio tedioso, talvez porque esperava algo mais ‘caliente’ rsrsrsrs. Valeu muito apena, passei 18 dias viajando por todo o país e pretendo voltar, ficou muita coisa linda por conhecer.

    Resposta
    • 07/06/2018 em 19:33

      Olá Wilian, que bom que você gostou da viagem. O nosso carnaval aqui do Brasil é muito animado, colorido e divertido talvez por isso você estranhou o da Bolívia ele realmente é mais parado. Obrigado por dividir sua experiência conosco. Abraço!

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.